quarta-feira, janeiro 05, 2011

O livro.

Ao entardecer impossível não pensar em escrever ao lado um livro que jamais pensei em ler no outro uma folha em branco e uma caneta pronta pra escrever.
Folhei o livro parecia contar a história de alguém que demorou a se entender, talvez ela simplesmente não conseguisse se esconder nem ao menos se proteger ou talvez ela nem quisesse se esconder nem se proteger, talvez ela quisesse viver e aceitar tudo aquilo que insistia dizer ser errado e não pudesse crer que tudo aquilo era falso e sujo. E naquela história havia muitas contradições que acabavam se tornando em canções que tocavam muitos corações que então aceleravam sem explicações e no final se partiam no meio das decepções.

5 comentários:

Arieli disse...

é lliiiindo, sempre quis ter um blog assim, mais não sou boa pra escrever desse jeito, Parabéns! estou te seguindo!bjs

Macaco Pipi disse...

NOSSA
QUE BELEZA
O FALSO SUJO
O LINDO DA VEZ
OGROLANDIA DE JARIM!
QUE COMPLEXO!

Samir . disse...

O que dizer?! Excelente , muito bem redigido e os chama a atenção para continuar a ler.

clebao disse...

E MESMO A VIDA PARECE UM LIVRO.E BLOG E COMPLEXO E SIMPLES AO MESMO TEMPO.

clebao disse...
Este comentário foi removido pelo autor.