quarta-feira, março 02, 2011

Apenas uma imagem.

Aquela imagem representava coisas que jamais alguém entenderia, afinal cada um a veria de uma forma. Estradas solitárias onde se encontrava apenas duas pessoas, suas fisionomias não lembravam ninguém que eu já havia visto, a figura estava um tanto distante de um jeito que não iria observar detalhes, mas ali estavam duas pessoas cujo vazio entre elas eram imenso, existia entre essas duas pessoas um buraco, um buraco no meio da estrada como se tivesse caído algo que então separou deixando então uma pessoa para cada lado. A imagem não era de grande nitidez, mas pude observar suas expressões de dúvidas, de perguntas que ninguém poderia responder ambos estavam tristes e sozinhos naquele mundo distante e perdido. E eu estava ali entre poucas pessoas que dedicavam sua atenção á aquela imagem que refletida naquela foto não passava de uma mera ilusão.

7 comentários:

Reynaldo Araújo disse...

Curtii seu texto.
Palavras simples, e fáceis de entender.

Na boa, não ficou um texto cansativo
me amarrei
Parabéens.

Rubi disse...

Uma imagem vale muito!
Parabéns pelo bom uso das palavras, como o Reynando disse, não está um texto cansativo.

Mosaicos de uma vida disse...

Belo texto para uma reflexão. Um vazio que ficou sub-entido.Dei uma viajada nele e por isso vou bisbilhotar mais seu blog rsrsrrs
cheiro e parabéns

Jeniffer Haddad disse...

cara curti muito o texto! Falou tudo! Faz a gente refletir, e muito.

lekedebsb disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
M.B. disse...

Me vi nos sonhos estranhos que tenho...

W. G. Lacerda disse...

Oi, gostei dos seus posts,tô seguindo. Depois passa no meu blog também : http://wglacerda.blogspot.com/
Até mais