segunda-feira, maio 09, 2011

Robô?

Veja só, seus olhos estão fixados novamente no mesmo local, ninguém sabe se é bem ou mal o que se passa na mente, mas por que fixados na mesma estrada abandonada? Não há mais nada lá, nada a se apresentar apenas a luz que ainda insiste brilhar, mais um inverno a se passar e nem a chuva pôde apaga aquele semblante vazio. Nada a justificar nem a imaginar... Amigo sem vida, estrada distorcida, palavras esquecidas apenas aquele robô em dívidas com sua falta de vida.

6 comentários:

Sara Giovana disse...

aqui é simplesmente maravilhoso ! adorei mesmo. te seguindo flower.
http://lacosesorrisos.blogspot.com

Games e Downloads disse...

Muito bom seu blog

gostei da ilustrçao

comenta e segue o meu

http://wwwgamesedownloads.blogspot.com/

@Forgadon disse...

0.0 não entendi, serio mesmo.

segue a eu? rs
forgadon.blogspot.com

beijos :D

Tatyana disse...

Não gostei da foto...
dá uma aflição rs rs
Mas parabéns pelo blog bem diferente e criativo ;)

www.equemnaoamaviajar.blogspot.com

Hermann disse...

A frieza robótica e mecânica da existência...


http://plumitivoledor.blogspot.com/

Sandra Ribeiro disse...

Seu blog é lindo, criativo e original, por isso vou ficar por aqui...