terça-feira, julho 12, 2011

A altura e o perigo atraem.

Pulmão cheio de fumaça, o fígado na desgraça, contando as horas para o dia acabar...
Um fardo para quem se importa. Quando a noite cobre o céu azul e a luz dentro do coração se apaga, o inferno parece voltar, para assombrar e perturbar carinhosamente com memórias das trilhas de migalhas que deixaram para traz ... Perdidas no tempo.
Por vezes cair entre as nuvens é inevitável, mas palavras servem para confortar, para guiar e colocar no caminho certo, então dar passos com olhos fechados sem olhar para trás, com medo da altura que sempre vou amar.

6 comentários:

Victória Resende. disse...

"Palavras servem para confortar, para guiar e colocar no caminho certo". Acho é por esse (e tantos outros motivos) que escrevemos, não é mesmo? Que possamos sempre continuar, mesmo que surja a insegurança (é alto demais? Se eu cair, vai doer muito?).

Estou seguindo teu blog a partir de agora, gostei muito do que li aqui. Teu blog é lindo! (:

Beijão! :**

Tαtαh disse...

Adoreei.. vs escrevee muiito beeim!!!

Dá uma passadinha no blog qe eu ajudo a divulgaar?!

http://echidellanima.blogspot.com/

* Vi seeu blog eeim uma comu do orkut!!!

Amanda Moreira disse...

Adoreei , já estou seguindo!

Dá uma passadinha no meu tb


www.doblushaosalto.blogspot.com

bjks

Angélica Lada disse...

palavras sao palavras, server praticamente para tudo. É raro achar pessoas por ai, com blogs como o seu, ou melhor com bom conteúdo, apenas escrito por vc, e ainda bem escrito. Parabens, estou seguindo se puder da uma passada no meu posdezesseis.blogspot.com

blogtatudodominado disse...

Gostei muito do seu blog, suas postagens são otimas, tou seguindo se poder retribuir ficarei feliz :)

http://blogtatudodominado.blogspot.com/

Camila Hame. disse...

É um texto bem legal, mas vi mais como um poema.Ritmo pra isso tem!

http://www.papel40kg.com/