sexta-feira, julho 08, 2011

Disfarçando emoções.

E se estivesse morto? Se importaria para o resto da vida ? Continuaria escorregando e lutando para encontrar onde se agarrar, até as mãos sangrarem, até quando as forças se esgotarem.
Então continuar escorregando sem nunca viver menos o próprio engano, com papéis largados, com palavras escondidas, disfarçando emoções até o ultimo instante? Fugindo de si para sempre?
E se tudo desse errado? Continuaria levando a vida da mesma forma? Se importando com o que os outros pensam ao seu respeito? Levando a serio demais o que deveria ser uma mera brincadeira? Se importando com o que não deveria?
E se esse fosse o fim? Iria gostar do que construiu até aqui? A televisão e seus livros valem mais do que suas atitudes? Valem mais do que a sua palavra? Talvez se arrependeria, tudo pareceria estranho ... estranho e falso. Tarde demais.

Créditos ao Lucas Oliveira :]

3 comentários:

Paulão Fardadão Cheio de Bala disse...

Nada contra ter televisão, livros E palavra.

Turma 31096 disse...

bom o texto.

Ana Luiza Cabral disse...

Você escreve muito bem. Encanta quem lê!

Voltarei mais vezes. Beijo, Ana!