terça-feira, julho 26, 2011

O poço.

Existe uma voz no fundo do poço, inteiramente sozinha, fraca e rouca. Sonhando em assistir mais uma vez o por do sol nesse mundo cego e perdido.
Sua luz será o fogo e então iluminara centenas de coração e depois os caçar, os quebrar e os abandonar para finalmente as palavras serem faladas...
Naquele poço iria lutar, mesmo estando em um ponto sem volta.
Enquanto envelhecia lentamente em silêncio sentia o mundo ao seu redor apodrecendo e as coisas belas morrendo e mesmo assim continuava indagando o porque todas as coisas boas se acabam tocadas pelo mal ... Com o sol distante e sua luz se apagando estava lentamente caindo em sono profundo eternamente.

3 comentários:

Felipe Aldemir disse...

Gostei do blog..
Realmente Seu texto foi muito bom..
Estou seguindo pra ver lançamentos futuros.. se de pra seguir o meu eu agradeço!

http://metalcomhumor.blogspot.com/

Beto_vgmt disse...

"Ela acreditava em anjo e, porque acreditava, eles existiam."
talvez faça sentido>>Bem, acho que não deve ter dado tempo do anjinho chegar >>http://averdadenuaepeluda.blogspot.com/2011/08/meu-anjinho-da-guarda.html
comentem.

Larissa Brandão Mantovani disse...

Estou lendo e Blog e estou adorando
Ficou mto bom o texto

Passa no meu Cantinho, e se gostar segui
http://odiariodela-haha.blogspot.com/
XOXO!♥